Postagem em destaque

#Reality " Rômulo deve ser o eliminado hoje em paredão triplo no BBB17 "

Segundo o pessoal do @votalhada, Rômulo deve ser o eliminado hoje! , minha torcida pra ficar nesse paredão é do Marcos claro, mas conf...

quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

#EspaçoPop : Britney e seu "Britney Jean"



Vocês sabem com eu aprecio as divas no mundo pop, incluindo a Britney. Mas foi bem difícil ser parcial nesta crítica.


Britney Spears vendeu seu "Britney Jean" como seu álbum mais pessoal. Aqui vale um adendo: parece que a tal Hanna Montana está tentando trilhar os mesmos passos, incluindo os percalços.Mas como li na CNN, o álbum não é tão acolhedor e convidativo como Britney vendeu.

Ao contrário de algumas críticas, acho que o álbum soa como Britney Spears, mas um Britney menos inspiradora que a da última grande turnê.Sim, é um exelente passeio pelo pop digital, que Spears buscou como identidade no álbum anterior e que, para mim, tornou

seu dieferencial em relação às outras divas do mundo pop. Ok, toda essa maquiagem digital tira um pouco de sua personalidade

humana, mas vamos combinar que Britney é realmente limitada vocalmente e o que faz ela ser esse top musical é essa artificialidade

de sua voz. Acho que por conta disso em nenhum momento senti vontade de ouvir as músicas, não parei para traduzi-las, senti-las. A única exceção foi a ótima "Perfume". No resto, apenas ouvi, curti as músicas sem me preocupar com as letras. E acho isso triste pq não me importei com a alma das músicas. O mérito vai para os produtores, os DJs e não para o artista principal...

A música "Chillin' With You" deu uma quebrada na sequência musical, as músicas vinham numa toada de batida elevada e de repende tiraram isso de mim, uma queda brusca demais. Acho que falharam na sequência das músicas, o começo épico podia de ficado para a segunda parte.

"Brightest Morning Star" me fez sentir saudade da Britney lá do início de carreira. Gostei da referência eletrônica bem suave.

Pra terminar deixo vocês com a frase do USA Today`s: "Talvez a melhor coisa que pode ser dito para o mais recente álbum de Spears, de fato, é que ele não parece obcecado com a provocação". E aquivai uma provocação a Hanna Montana.