domingo, 25 de outubro de 2015

#reality " Masterchef Junior estreia bem mas infelizmente outras coisas chamaram mais atenção "



Nessa semana começou a primeira temporada de Masterchef Junior Brasil, que é a versão do Masterchef  que já amamos com os mesmos jurados e apresentadora só que com competidores mirins.

Esa versão é sucesso também em vários países e estava demorando pra desembarcar por aqui no Brasil e o que tinha pra ser fofo, lindo e incrível virou um episódio de pedofilia e preconceito.Tudo porque uma  das participantes a Valentina uma linda menina de 12 anos entrou no programa sonhando em se tornar a melhor cozinheira mirim do Brasil. E, logo na sua primeira aparição, ela se viu alvo de inúmeros comentários na internet. A maioria deles, porém, não era sobre suas habilidades culinárias – e tinha cunho sexual.
"Sobre essa Valentina: se tiver consenso, é pedofilia?", era o que dizia um dos tuítes a respeito da garota de 12 anos.

O caso gerou polêmica nas redes sociais na última quarta-feira e, enquanto a discussão pairava sobre o suposto "desenvolvimento precoce" da garota, uma mulher se inspirou na história de Valentina – e na sua própria – para criar uma campanha e estimular outras mulheres a contarem suas primeiras experiências de assédio sexual.
Daí Juliana De Faria  que é fundadora do coletivo feminista Think Olga e criadora da campanha Chega de Fiu Fiu, foi quem lançou a hashtag no Twitter com o objetivo de estimular mulheres a contarem os casos de assédio que viveram na infância. Milhares de compartilhamentos surgiram daí, e as histórias foram além da hashtag. lançou a hashtag #PrimeiroAssédio no Twitter e, em pouco tempo, ela passou a figurar entre os termos mais comentados do Twitter brasileiro.


"A gente enterrava esses casos como se fosse culpa nossa. Agora, graças à internet, a gente está se unindo", disse Juliana à BBC Brasil. "Eu contei pela primeira vez sobre o assédio que sofri aos 11 anos quando eu tinha 27. Muitas mulheres estão contando seus casos com a hashtag e dizendo que é a primeira vez que estão falando sobre o assunto. A força disso não tem mais volta."







Mas infelizmente a ignorância não parou por ai e outro participante também gerou polêmica, o menino Hytalo de 11 anos que até pode ser gay mas que segundo especialistas ainda não está totalmente com sua personalidade totalmente formada,  ou seja a homofobia é considerada a aversão ou rejeição a homossexual e a homossexualidade.

Nos comentários, os internautas apontam, em tom pejorativo, que o garoto seja gay e o rotulam com a expressão "viado". (Foto: reprodução/Facebook)
Uma postagem compartilhada na rede social Facebook, mostrando e repudiando as mensagens, teve mais de quatro mil compartilhamentos.
Até o momento, a TV Bandeirantes não se manifestou sobre o assunto.
Hytalo infelizmente não está mais participando do programa, já que ficou entre os primeiros eliminados divulgados na estreia do reality. 

Mas tirando esses momentos tristes o programa foi ótimo !, A garotada, mesmo jovem, mostra que não entrou no reality para brincar: muitos têm experiência no preparo de carnes, frutos do mar e massas frescas, além de sobremesas !, é incrível ver eles cortando, assando e fazendo pratos tão bonitos !.

O reality gerou memes ótimos e os jurados claro por enquanto estão muitos fofos com as crianças, Jacquin deixou umas das crianças eliminadas apertar sua bochecha ! <3 .="" font="">

Confiram os memes :








O programa será  sempre exibido no horário já conhecido pelo público, 22h30, e terá a mesma duração, cerca de duas horas. O diferencial é que, desta vez, serão dois eliminados por episódio, por ser o primeiro programa, eles começaram com 20 crianças e 6 acabaram sendo eliminados.


Nenhum comentário: